Yoga para crianças

Yoga para crianças

 

Escrito por Vilma Medina

 

O yoga ajudará as crianças no seu longo caminho até o domínio físico e psíquico. Parece difícil para seu filho ou filha conseguir manter-se quieto, calado e concentrado em uma das posições do yoga? Com certeza para alguns pais isso parecerá quase impossível, mas a verdade é que a prática do yoga comprovará que tudo é possível.

Tudo dependerá da motivação, da paciência, persistência, e do trabalho conjunto entre os pais e o professor de yoga da criança.
Quando meu filho pode praticar o yoga?

As experiências do yoga com crianças dizem que a melhor idade para que elas comecem com os exercícios do yoga é a partir dos 4 anos. Nesta idade, as crianças já podem entender perfeitamente o que se pode esperar e o que se quer delas. O yoga está indicado a todos os meninos e meninas. Seu objetivo essencial é a busca do equilíbrio e da harmonia, e o controle do sentido da disciplina. É uma boa base para uma vida adulta alegre e saudável.

Beneficios da prática do yoga com as crianças?

O yoga é uma prática positiva na etapa de crescimento das crianças. Através do yoga, as crianças exercitarão sua respiração e aprenderão a relaxar, para enfrentar o estresse, as situações conflitivas, e a falta de concentração, problemas tão evidentes na sociedade atual. O yoga lhes ajudará no seu longo caminho até o domínio físico e psíquico.

1- Desenvolvimento e habilidade dos músculos motores.
2- Flexibilidade nas articulações.
3- Melhora dos hábitos posturais da coluna vertebral.
4- Massagem dos órgãos internos.
5- Melhoria nos hábitos da respiração.
6- Estimulação da circulação sanguínea.
7- Melhoria da auto-estima.
8- Diminuição no nível de estresse infantil.
9- Aperfeiçoamento dos sentidos.
10- Agilidade e integridade.
11- Calma e relaxamento.
12- Alongamento.
10- Melhor desenvolvimento da atenção, concentração, memória e imaginação.
11- Harmonização da personalidade e do caráter.
12- Canalização adequada da energia física.
13- Melhor compreensão e interação com os demais.
A respiração do Yoga

A respiração é uma parte integral do yoga. O inalar e exalar pelas narinas é essencial para que a criança possa estirar-se e obter o equilíbrio para começar a praticar as posturas. Uma vez que o grupo controle sua respiração, o professor começará com as posturas. O sentido das posturas, é, desde os órgãos exteriores, ir caminhando aos órgãos interiores. Com as crianças, as posições devem ser praticadas pouco a pouco. O ideal, no princípio, é que aprendam a respirar, relaxar, depois se concentrar.  Não se deve exigí-los que repitam uma postura várias vezes. Isso pode converter-se em algo chato. Deve-se variar as posturas e os movimentos, devagar, e a um ritmo em que os pequenos não percam a concentração. Como já dissemos, o ânimo e a motivação são cruciais neste sentido, além do respeito, a moderação, e uma atitude positiva e alegre também.

 

Fonte consultada:
El yoga para niños, de Ramiro A.